Solução para crises de ansiedade

Inspirada num post d”A Pipoca Mais Doce” resolvi falar sobre ataques de pânico e crises de ansiedade.

Eu também já tive e sei como a mente se comporta perante os sintomas físicos que parecem “ameaçar” o nosso bem-estar e de que forma o medo consegue apoderar-se da mente, apoderando-se das nossas conversas mentais e não só!

Acredito que possa existir uma memória que seja o gatilho dos ataques de pânico, mas não acho que a solução seja ir ao balde de lixo emocional em busca do porquê! Isso apenas vai desencadear mais ansiedade.

Sou cada vez mais apologista de que as memórias do passado que são necessárias libertar surgem na nossa mente e sabemos que são essas que estão na lista do perdão do momento!

Além disso, quando a crise de ansiedade surge, ou o ataque de pânico, a emoção que está mais presente é o medo. E é esse que precisa ser processado, de forma a poder dar espaço a tudo o que possa estar reprimido e a gerar essa ansiedade.

Pensar positivo, trazer imagens “bonitas” à mente, pensar noutra coisa, para mim nunca foram soluções. A mente não consegue pensar noutra coisa quando pensa que está em “perigo”. A única forma de a fazer parar o ciclo de pânico é mostrando-lhe que não existe “perigo”, permitindo que as sensações físicas estejam presentes, observado-as e observando o medo.

Claro que estou a falar de observar sensações físicas que sejam mesmo de uma crise de ansiedade e não de um problema de saúde (a ida ao médico e descartar problemas físicos ocorre na maioria das vezes quando  pessoa tem as primeiras crises de ansiedade ou ataques de pânico e é importante, de forma a ter certeza que é psicológico).

Quando observamos os sintomas e o medo, pode acontecer que os sintomas se tornem mais fortes por uns instantes, antes de começarem a perder força e a passar como ondas.

As crises começam a diminuir de intensidade e de frequência, até que deixam de surgir.

Além disso, uma nova forma de nos vermos  nós mesmos e aos outros, assim como perceber como a mente funciona ajuda a estar mais conscientes e observadores da mente.

Acredito que existam padrões da mente que a façam retornar aos mesmos hábitos e que só os conseguimos eliminar quando estamos conscientes dos padrões e sabemos que podemos escolher de forma diferente. Existe um trabalho de consciência que podemos habituar a mente a fazer todos os dias, a todos os momentos: escolher observar o medo, sabendo que não nos pode afetar!

E quando digo que não nos pode afetar, digo isso com a certeza que o medo é uma ilusão da mente. Aquilo que somos não é afetado pelo medo, mas aquilo que escolhemos em cada momento expressar de nós pode ser afetado!

Escolher tomar consciência de nós mesmos e reconhecer que as emoções são como ondas na nossa consciência é fundamental para ultrapassar crises de ansiedade ou ataques de pânico.

É possível viver em paz!!!😉

E se houver alguém desse lado que queira ultrapassar as crises de pânico e ansiedade, é bom saber que existe uma solução! É possível viver de outra forma!😉

One thought on “Solução para crises de ansiedade

  1. ” Aquilo que somos não é afetado pelo medo, mas aquilo que escolhemos em cada momento expressar de nós pode ser afetado!”
    É bem isso, Angela. Neste momento, escrevo a conclusão do meu mestrado e a frequência de ataques de ansiedade são maiores. Hoje recorri a este seu texto para tentar entender melhor o mecanismo da aproximação do medo na minha mente para que eu não seja tomada por ele.
    Abraço,
    Renata

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s