Ativamente… AMAR

E não é só AMAR naquele sentido convencional… é entrar no espaço interior de paz, serenidade e amor que nos inunda e a partir daí olhar para o mundo com olhos renovados.

Temos a tendência a amar segundo conceitos. A amar rótulos, corpos, ideias, coisas… e esquecemo-nos da essência por detrás de tudo isso, daquilo que vale realmente para além de um corpo ou forma.

Li há pouco tempo uma frase que “me bateu”: aquelas pessoas que tu realmente amas, amas pela aparência física ou personalidade, ou simplesmente amas?

Pode o amor ser limitado por algum tipo de forma?

E pode o amor ser limitado às formas?

Amar ativamente é amar cada momento como ele é!

É saber que quando os desafios aparecem, são para serem aceites e amados!

Amar os desafios? Sim!!!

Amá-los por serem apenas o reflexo de algo que está dentro de nós, que não pode estar separado de nós de forma alguma. Amar a unidade que existe em nós e dessa forma relembrar a UNIDADE para além de qualquer aparência.

Complicado? Às vezes muito mesmo.

As aparências podem parecer justificar a dor, o medo, a culpa, mas o coração tem sempre uma voz suave, que se escolhermos ouvir, nos transporta para o espaço do AMOR.

E às vezes, é preciso escolher ATIVAMENTE essa voz doce e suave, que passa por todas as aparências e nos embala no seu colo seguro e infinito.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s