Não estará na hora?

Acredito que a mudança das consciências individuais irá transformar e expandir a consciência coletiva!

Acredito que essa será a verdadeira mudança que é necessária para que possamos ver mudanças positivas no nosso mundo e no nosso governo.

Por mais que nos custe admitir um governo espelha a mentalidade de um povo. Custa-nos aceitar, custa-nos admitir e é muito mais fácil colocar as culpas “lá fora” do que olhar para dentro e perceber que os nossos pensamentos e emoções não andam nos seus melhores dias.

Custa-nos a admitir a mudança!

Custa-nos questionar valores, crenças, comportamentos, ideias, ressentimentos.

Como queremos que o mundo mude se cada um de nós se rejeita a começar a mudança por dentro, ao aceitar na sua vida o amor, a bondade, a alegria e a abundância?

E eu sei que conscientemente toda a gente diz que é só isso que quer!

É verdade?

Quando nos irritamos no trânsito com alguém?

Quando criticamos sem dó nem piedade os nossos governantes?

Quando não abrimos mão das nossas mágoas e nos mantemos com o coração fechado para determinadas pessoas?

Quando temos a nossa razão e não abrimos mão dela nem por nada?

Questionar e mudar por dentro não significa concordar com tudo. Mas significa aprender que o Amor não guarda mágoas e que um coração aberto tem uma clareza mental e emocional capaz de uma criatividade infinita e de encontrar soluções para tudo e mais alguma coisa.

Fechar a nossa mente a uma crise e fechar as nossas vidas a uma mudança de perspetivas, de valores e de mentalidade é uma atitude mais inteligente?

Criticar, viver no desânimo, destruir a nossa vida interior por causa de medidas de austeridade é a solução para a dita crise?

Revoltar-se e viver em revolta interior vai fazer com que os impostos desçam, as despesas diminuam, as contas desapareçam e o dinheiro chova este Inverno?

Que tipo de atitudes e resultados se espera da revolta?

Que tipo de atitudes se espera do amor, da bondade, da compreensão e da esperança?

Não estará na hora de pararmos e percebermos melhor como é que a nossa mente funciona, como é que a nossa vida se manifesta e como é que podemos finalmente regressar ao estado natural da vida?

Tenho encontrado muitas associações e iniciativas que nascem do amor e da vontade de partilhar esse amor e alegria pela vida.

Não são as medidas de um estado que impedem as pessoas de continuarem a ser seres humanos e de tomarem a responsabilidade pelas suas próprias vidas!

O medo é um rastilho acesso para mais e mais problemas!

Estamos dispostos a eliminar o medo das nossas mentes, para que o mundo possa ser limpo do medo?

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s