Os significados e a felicidade

Na continuação deste artigo, decidi escrever sobre os significados que damos ao que experimentamos e ao nível de felicidade que nos permitimos sentir.

Neste momento consegues justificar porque não te sentes feliz?

Existe sempre uma justificação certo? E essa justificação não é por causa de algo que pensas ou sentes em relação a algo?

Eu não acredito que podemos controlar o que pensamos e sentimos, mas sei que podemos escolher identificar-nos com os pensamentos e as emoções ou não. Nós estamos conscientes do que se passa dentro e fora de nós, e escolhemos o significado que atribuímos às pessoas, às situações, aos objectos.

Já te perguntaste porque escolhes tantas vezes significados que não te trazem amor?

A mente, por defeito, vai buscar referências ao passado para dar significado ao que vê e experimenta hoje. Contudo, o AGORA é novo. Será que precisamos estar sempre a comparar e ir buscar referências ao passado para viver em harmonia hoje?

Vou dar-te um exemplo.

Imagina que no passado tinhas tido uma experiência traumatizante com um Pastor Alemão e ficaste com medos dessa raça de cães, ou dos cães em geral.

Hoje, quando vês um Pastor Alemão, não interessa se ele é meigo ou não, se está disposto a aproximar-se calmo e sereno de ti, porque tu já decidiste que não o queres perto de ti, porque tens medo.

Se calhar uma situação deste género não afecta muito o teu dia-a-dia.

Contudo, todas as atracções e aversões que tens hoje em dia, são em grande parte influenciadas pelas tuas memórias do passado, e são essas que, por defeito, dão significado ao que acontece hoje.

Já foste a 10 entrevistas de emprego e nenhuma deu em nada. Quando te chamam para uma nova entrevista qual é a tua atitude interior? “Ah, já sei que não vai dar em nada. Foi assim com as outras 10. Está tão difícil arranjar emprego.”

Tu já decidiste qual o significado a dar à próxima entrevista. Se correr bem e ficares empregado é porque, existiam pensamentos de confiança dentro de ti, independentemente destes. Mas se não correr bem, tens aqui um bom ponto de partida para mudar a tua atitude: muda o significado que dás ao que te acontece.

E não é difícil.

Neste último caso da entrevista. Antes de ires à entrevista podes sentir todos os teus medos e inseguranças. Observar os teus pensamentos negativos e de medo. E ao observar, podes escolher de outra forma: “O AGORA é novo, as experiências podem ser novas e eu estou disposto a ver esta situação de uma forma diferente. Entrego esta entrevista ao meu SER INTERIOR e permito que esta entrevista me traga o melhor para mim.”

A verdade é que nem eu nem tu sabemos se esta entrevista é do teu emprego ideal ou se o melhor para ti é ficares neste emprego ou não. Mas quando entregas ao teu Ser e confias, confias que o melhor emprego para ti vai surgir no momento certo e podes ir confiante e sem medo a uma nova entrevista, sempre que ela surgir.

Consegues ver a diferença de atitude?

Serve para tudo na nossa vida!

Experimenta! Vais ver que a felicidade começa a ser um estado bem mais presente e consciente em ti!

One thought on “Os significados e a felicidade

  1. Muito bom o texto. Parece até uma resposta para mim…rs.
    Amanhã farei uma entrevista de emprego. Veio bem a calhar.
    Estou adorando os seus posts e também os vídeos.
    Bom trabalho que tem feito por aqui!

    Grande abraço!

    (Brasil)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s