Inspiração

Lembro-me do momento em que decidi criar um blog.

Estava a caminho da faculdade, no metro, a olhar para o exterior, para o verde dos campos, para o azul do céu… para as cores das pessoas que me rodeavam naquele momento.

“As minhas cores” foi o nome que dei ao blog.

A cor que damos a cada dia, que vemos nos outros, que vemos em nós próprios, pode não ter significado algum, ou pode ser uma forma de encararmos a vida com alegria, criatividade e deixarmos que a intuição se mostre a nós de alguma forma.

Desde que estudei o UCEM questionei muitas coisas na minha vida, interpretei muita coisa mal, libertei-me de muitos fantasmas, mas descobri algo, nas últimas semanas que é mais importante do que qualquer coisa que possamos assimilar de fora para dentro: o que está dentro de nós é sábio, inteligente e leva-nos sempre na nossa direção.

Qual é a nossa direção? É a direção que a vida tem para nós a cada instante.

Lembro-me de não saber nada de desenvolvimento pessoal, de não conhecer absolutamente técnica nenhuma, e de viver o dia-a-dia, chorando as tristezas, sorrindo e celebrando as alegrias.

Lembro-me de estabelecer objetivos, sem precisar de escrevê-los ou visualizá-los, esquecendo-os enquanto vivia a vida que tinha a viver no momento, e de os objetivos se encaminharem até mim sem esforço.

Não teremos já uma saberia interior que apenas precisa ser validada e aceite?

Você, já não teve momentos de pura inspiração na sua vida?

E a inspiração pode não ser para fazer grandes coisas. A inspiração não precisa ser para criar grandes obras de arte ou grandes projetos.

A inspiração leva-nos a viver o dia-a-dia com cores diferentes. É a inspiração que anima as nossas conversas, que tempera os nossos cozinhados, que adoça os nossos carinhos, que soluciona problemas na escola, que encontra formas de incentivar os filhos a estudar e a gostar de o fazer, que traz um canto acolhedor e sossegado ao nosso lar, que tranquiliza através de um olhar, de um toque ou de uma palavra.

Estar inspirado é estar em espírito. É reconhecer a parte infinita, cheia de amor e sabedoria dentro de nós e operar através dela… ou deixar que o espírito opere através de nós. Somos um só!

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s