Disciplina

Não estamos habituados a ser disciplinados com a nossa mente! Deixamo-la caminhar, enredar-se, esconder, mostrar o que quer, e acabamos por acreditar nas suas histórias mirabulantes sobre nós mesmos.

A minha própria experiência tem-me mostrado que a disciplina não serve para afastar estas histórias, não serve para nos separarmos da vida que está a acontecer agora e tentar encontrar um novo foco. A disciplina está em direcionar a mente para este momento, permitindo que possamos ser UM com a vida AGORA, independentemente do que está a acontecer.

Existem muitas teorias sobre a vida, muitas teorias sobre a irrealidade desta realidade. E isso, muitas vezes, afasta-nos da vida que acontece AGORA.

Nascemos para ser felizes! E o que é isso de ser feliz? É TER e FAZER apenas aquilo que a nossa mente diz que queremos e gostamos? Ou a felicidade é um estado interior de pleno alinhamento com aquilo que está AQUI E AGORA?

Ouvi alguém sábio dizer que sempre que discute com a vida, perde 100% das vezes. WOW 100% das vezes que resistimos ao que acontece, ao que sentimos, ao que pensamos, estamos a perder. Claro que podemos dizer que aquilo que somos não pode ser perdido! Claro que não pode!! Mas se não nos lembramos quem somos, estamos a perder-nos a nós mesmos. E existe um caminho de saída: viver a vida AGORA, com aquilo que ela nos dá AGORA!!!

“Ah, mas eu queria outra coisa agora. Não tenho tempo para isto, não mereço isto, sonhei com outra vida para mim, preciso de dinheiro para pagar as contas, bla bla bla, bla bla bla, aquele livro diz que eu posso ter o que quero, aquele autor diz que eu tenho que fazer isto para mudar, aquele terapeuta aconselhou-me mudar este comportamento, bla bla bla,…”

E onde está o ouvir o coração?

Não existe ninguém que tenha a nossa solução. Não existe ninguém que tenha a chave do nosso coração, do nosso destino e da nossa felicidade. Ou melhor, EXISTE: CADA UM DE NÓS!!

O nosso coração pode expressar-se através do gesto de alguém, de uma palavra que vem até nós, de um livro, de um terapeuta, de um mestre… claro que pode!! Mas cabe a cada um de nós reconhecer que está na nossa mão, em nosso poder, a mudança efetiva, e que essa só acontece quando nos permitimos abraçar e integrar o que sentimos!

Para mim, disciplina é manter as práticas que me mantêm alinhada comigo, com o meu coração. É saber reconhecer os padrões que me afastam da paz, e permitir-me libertar esses padrões, observando e não resistindo à sua presença.

Disciplina para reconhecer a resistência à vida e escolher deixar fluir.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s