Libertação

Ainda existem pessoas que não conhecem a libertação emocional.

Aliás, existem pessoas que nem sequer sabem que são responsáveis por aquilo que sentem e pela escolha em manter esse estado ou libertá-lo.

Sinceramente, eu não acredito na mudança consciente de estados, de um estado dito mau para um estado dito bom. Acredito sim, que aquilo que somos já é perfeito, completo e AMOR puro. Para quê mudar isso ou recriar estados que vão substituir esse?

Quando libertamos os estados interiores negativos ou limitadores, naturalmente acedemos a uma dimensão interior de paz e tranquilidade, de sabedoria e criatividade ilimitadas.

É verdade que não estamos habituados a viver assim. Estamos habituados a controlar os nossos estados emocionais. Não gostamos de como nos sentimos e procuramos sempre soluções para mudar esses estados, sem nunca nos apercebermos que a mudança verdadeira não é do estado emocional, mas da atitude que pede a mudança!

O que quero dizer com isto?

Bem, eu posso acreditar que sou um corpo, que o meu cérebro cria estados emocionais e que esses estados emocionais me levam a ter e fazer coisas na minha vida, conforme eu quero ou não quero. É óptimo saber que posso fazer alguma coisa em relação à minha vida (é melhor do que não fazer a mais pequena ideia e viver numa atitude de vítima e negativista).

Contudo, eu posso viver para além disso, sabendo que aquilo que eu sou não pode ser limitado por um corpo e que não existe nenhuma experiência, boa ou má, que possa dar-me a paz que eu quero. A paz é algo que faz parte do que eu sou. Quando não estou em paz é porque estou a ver algo de forma equivocada, estou a ver algo pelas lentes do passado, com mágoas, ressentimentos e culpas. A melhor solução, é libertar o estado em que estou, tomando consciência do que sinto e reconhecendo que aquilo que eu sou não pode albergar nada além do amor. Nesse instante, eu abro espaço, não para uma mudança de estado interior, mas para uma mudança de atitude mental: eu vejo-me como um espírito ilimitado e amoroso e não como um corpo limitado e culpado.

Que diferença é que isto faz na minha vida?

Enorme!! Eu deixo de viver dependente da realização de objectivos. Eu deixo de viver dependente do futuro e foco-me na VIDA agora. Foco-me em mim e em tudo o que acontece agora. Desta forma estou muito mais presente para as pessoas que estão na minha vida agora, estou presente para todos os relacionamentos que surgem neste momento, deixo-me ir com o fluir da vida, sem estar concentrada num objectivo pessoal, que eu decidi com base nas referências e limitações do passado.

Mas então dessa forma eu não tenho objectivos?

Sim e não!

É natural que  a minha mente ainda me mostre n coisas que quero e n coisas que não quero. Mas é um ponto assente que o meu objectivo é a paz interior, a alegria ilimitada e a abundância universal. Qualquer coisa que limite este todo, limita a minha visão de mim mesma. Reconheço que não conheço os meus melhores interesses, não conheço tudo o que há para conhecer e tudo o que vejo é à luz dos meus significados. Todos os objectivos que vão surgindo, servem de oportunidades para libertar as limitações que a mente ainda me apresente e rendo-me à VIDA para que me mostre o melhor para mim em cada instante.

E se pensarmos bem, será que conseguimos fazer mais do que isso? Conseguimos mesmo fazer mais do que nos render a cada momento? Ou temos a ilusão que com pensamentos conseguimos controlar o que quer que seja? E mesmo agindo, será que as acções alteram o que quer que seja? (Por exemplo, há pessoas que enviam n curriculos e não conseguem um emprego e há aquelas que não enviam nenhum e recebem inúmeras propostas). Quando a acção vem de uma aceitação plena da vida, só a aceitação irá aceitar os resultados que irão chegar ou não!!!

Uma forma de libertar estados interiores negativos e abrir a mente à VIDA plena e fluída do AGORA é fazer EFT.

Este vídeo ensina como fazer EFT para emoções mais básicas. (Aconselho sempre a consulta de um profissional ou fazer um curso para aprofundar os conhecimentos e aprender a fazer EFT para emoções mais profundas e para aprender o funcionamento da sua mente e emoções).

2 thoughts on “Libertação

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s