Ilusão

Imagem: Google

Muitas pessoas quando entram em contacto com “Um Curso Em Milagres” têm um “pequeno” choque com o conceito de ilusão.

É importante lembrar que o curso é um curso para a mente, não para corpos. O curso fala do funcionamento da mente, não de formas.

Hoje em dia, a Física Quântica já nos mostra algumas provas de que aquilo a que chamamos realidade não é tão sólido e verdadeiro quanto isso. Contudo, na minha experiência, o curso não está a referir-se à ilusão da forma física, mas à ilusão das formas de pensamento que alimentamos sobre nós, sobre o mundo em geral e sobre os outros.

Quando olhamos para uma situação e lhe damos a nossa interpretação, que é diferente da interpretação de outra pessoa.

Quando olhamos para alguém e a julgamos, positiva ou negativamente, criando um espaço, uma separação entre nós.

Quando recordamos o passado, segundo a nossa visão dos acontecimentos.

Isso é a ilusão em que vivemos.

Podemos ter a certeza que os nossos pensamentos são verdadeiros? Estamos dispostos a questionar o nosso universo mental para acordar de uma ilusão de pensamentos tacanhos, limitados e falsos?

Viver a acreditar que somos um corpo, limitado, que sabemos tudo sobre nós e sobre os outros, que a nossa interpretação do mundo é a melhor, que os outros estão errados, que estamos sozinhos, que fomos rejeitados ou abandonados, que alguém é diferente, melhor ou pior do que nós, é que é uma ilusão.

O que me adianta saber que a cadeira onde estou sentada na verdade não é sólida e que é apenas uma projecção da minha mente? Isso ajuda-me a viver em paz com os outros? Isso ajuda-me a olhar para o mundo com amor, sabendo que todos os meus pensamentos sobre o mundo são construções baseados em memórias e que nada têm de verdadeiro, por muito bonitos que possam parecer?

Mas então, se nenhum pensamento é verdadeiro, o que fazemos? Onde nos situamos?

Bem, pelo que vivo na minha experiência, eu não preciso de pensamentos para viver! Felizmente respiro sem ter que acreditar que tenho que respirar!!😉

Quando quero beber água, vou beber água. Não preciso questionar se existe água nem como vou buscá-la. E se estiver num sítio onde não há água, é óbvio que a melhor solução me surge no momento. Ou será melhor pensar agora no que fazer se um dia, no futuro, eu tiver sede e não tiver água?

Qual a diferença entre querer um copo de água e o resto na nossa vida? Haverá uma diferença ou somos nós que a criamos?

E teremos mesmo que projectar um futuro positivo, senão o que nos acontece não é o melhor para nós?

E o que projectamos, através do que sentimos e pensamos agora (que não questionamos se é verdade ou não), será uma ilusão melhor porque é positiva (segundo as nossas referências)?

Saberemos o que é positivo ou negativo, bom ou mau, quando estamos a ver o mundo segundo os nossos próprios filtros, limitados pelas memórias, crenças e ideias que estão a actuar no nosso inconsciente?

Quando deixamos de nos preocupar com o positivo e o negativo, quando simplesmente aceitamos o que sentimos, a ilusão começa a dissolver-se e começamos a encontrar uma dimensão de paz e sabedoria que sempre esteve presente em nós. Contudo, sempre que acreditamos em algo, isso torna-se verdade para nós.

A dimensão sábia e inteligente da mente, a que está sempre em paz e alegria, mantém-se sempre presente. Quando acreditamos em algo, essa crença sobrepõe-se na mente sábia, e passamos a ser os “deuses” da nossa experiência, a viver através de crenças criadas e alimentadas por nós.

Pela nossa própria experiência, por aquilo que vemos no mundo, será que temos sido “deuses” inteligentes, ou será que a vivência desta ilusão mental de que temos que controlar tudo e todos tem que ter um fim, para descobrirmos o que é realmente viver em paz e desfrutar de uma vida inocente, alegre, realizada e feliz?

One thought on “Ilusão

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s