Simplicidade

Tudo se torna mais simples quando SIMPLIFICAMOS.

Temos a capacidade brilhante de complicar o que é de si absolutamente simples.

Por exemplo, às vezes as pessoas dizem-me que o UCEM (Um Curso Em Milagres) é complicado, é muito difícil, é muito avançado.

Talvez, dependendo da perspectiva como olhamos para ele.

Quando realmente olhamos para a sua mensagem e colocamos os seus princípios em prática percebemos como ele é simples.

1. Não sabemos quem realmente somos. Alimentamos uma auto-imagem de nós mesmos, que varia ao longo do tempo (num só dia podemos ter auto-imagens completamente opostas), e que por ser mutável, não pode ser quem realmente somos.

2. O que nós somos continua em nós, em espera, e é através dessa verdadeira identidade que vivemos em paz, felizes e completos.

3. A auto-imagem que criamos de um ser com uma mente/corpo separada dos outros seres e do mundo, mostra-nos o mundo através do prisma da separação. Isso faz-nos sofrer consciente e inconscientemente.

4. O que vemos é um reflexo da auto-imagem que temos de nós mesmos.

5. O que vemos é apenas uma interpretação momentânea da situação/pessoa/objecto, baseada nas memórias, crenças, valores interiorizados e acreditados pela mente.

6. Uma mudança no ponto de partida da visão (perspectiva) cria verdadeiros milagres na nossa experiência.

7. Milagre é apenas uma mudança de percepção: o que era visto através da auto-imagem limitada, pequena é agora visto através do SER que compartilhamos uns com os outros.

8. Qualquer pensamento de separação gera/projecta culpa. Qualquer pensamento de união restaura o AMOR que somos na nossa consciência.

9. O perdão é uma forma de dissolver os pensamentos de separação (eliminando as projecções de culpa) e de relembrarmos o amor que somos (a projecção do amor).

10. A nossa única função é perdoar: sempre que sentirmos algo que não seja paz, reconhecemos isso dentro da nossa própria mente e deixamos que a parte da nossa mente que sabe quem realmente somos possa actuar. No fundo, reconhecemos quem não somos, assumimos que estamos esquecidos do nosso verdadeiro poder e identidade, e deixamos que a parte de nós que se lembra, nos relembre!

Na prática é bem mais simples do que lido!!😉

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s