Paz

Eu digo muitas vezes que a nossa vida, quando perdoamos (versão libertadora de “Um Curso Em Milagres”), a nossa vida torna-se mais fácil.

Mas que vida?

Quando digo isto, refiro-me à vida interior. Não quer dizer que as situações de vida não se tornem mais fáceis… mas a verdade é que eu passo a vê-las a partir de outra perspectiva interior, de maior paz e aceitação, e por isso, elas suavizam-se.

Não quer dizer que deixem de existir problemas. O curso diz que só temos um problema e portanto só existe uma solução: pensarmos que estamos separados de Deus é o problema. A solução é retornar à consciência de união.

O que acontece é que nós continuamos a acreditar que estamos separados e isso cria uma realidade onde os problemas são uma constante.

O que fazer na prática com eles?

Bem, o que eu faço é libertar o que penso e sinto.

É fácil? Nem sempre!!! Às vezes não é muito fácil, mas lembro-me que aquilo que realmente quero é paz, e que se não estou em paz, foi uma escolha minha (da minha mente) de não estar em paz.

Então eu tenho o poder e a escolha de decidir outra vez: decidir a favor da paz AGORA.

O que normalmente fazemos é colocar a paz dependente das situações exteriores, do comportamento dos outros e do nosso. O que precisamos aprender é não colocar a paz dependente de nada. Precisamos relembrar que ela está sempre na nossa mente, num “lugar” interior onde o espaço e o tempo não existem.

Precisamos relembrar DEUS. Para mim, Deus é esse “lugar” interior. Esse “lugar” que não se define mas que nos une a todos. Essa experiência comum a todos nós e que todos nós podemos aceder. Onde as palavras não existem, os conceitos são esquecidos. Uma experiência sem definição.

PAZ!

2 thoughts on “Paz

  1. Este post é perfeito pra mim porque hoje, pela manhã, fui pagar contas e, de repente, senti uma angústia muito forte. E às vezes esqueço que não sou meus pensamentos.

    É na verdade um defeito meu me apegar a tantas recordações conflitantes, e preciso amadurecer neste sentido.

    Preciso mesmo deixar partir estas sensações, mesmo porque percebi que sou feito de Amor. E, onde há Amor, não há medo, angústia ou o que quer que seja que me traga desconforto.

    Aparecer em meus caminhos tu e tanta gente disposta a mostrar que podemos sim alcançar a felicidade, indpendentemente de situações exteriores, me mostra que não estou só e posso evoluir mais e mais.

    Sorrisos sempre🙂
    Leandro Passos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s