Agora ou Deus?

Tantas teorias, tantas ferramentas, tantas formas em que Deus está para nos relembrar quem somos e regressar a casa.

Deus… quem sabe o que é Deus?

Deus para mim é tudo, Deus É!

E quando digo tudo, é tudo. É este computador em que estou a escrever, é os meus dedos, é o meu corpo, é os meus pensamentos, é as emoções, é as situações… ele não está à parte de nada. E quando não o vemos, ou sentimos em alguma situação, é porque a nossa percepção simplesmente está desligada da sua fonte e da sua origem.

E Deus é apenas uma palavra… como todas as outras. Resolvemos apenas ter um significado para ela que nos afasta de nós mesmos.

Até há uns tempos eu achava que havia caminhos que nos levavam ao verdadeiro conhecimento espiritual e outros que eram apenas mais formas de ego. Ou seja, uns eram caminhos de Deus, outros não.

Eheheheheheh

Isso não é possível!

Deus está em TUDO, em tudo aquilo que designamos e interpretamos como caminhos!!!!

E quem sou eu para achar seja o que for de caminhos, experiências ou evolução?

Eu nem sequer sei o que isso é.

“Um Curso Em Milagres” ensina-nos que a melhor afirmação que podemos fazer é dizer “Eu não sei o que isto significa e não vou usar o meu conhecimento passado (memórias e interpretações) para resolver isto.”

Quando olho (ou olhava) para outros caminhos e os diferenciava eu só estava a fazer uma coisa, a diferenciar-me de Deus, ou seja, a separar-me de mim. E isso só podia gerar sofrimento, e mesmo quando não o via em mim, certamente o conseguia ver nos outros, especialmente naqueles que seguiam o “caminho do ego”.

Hello?????

A isto o curso chama de dissociação. Aquilo que está na minha mente e eu não quero ver, eu coloco do “lado de fora” e faço de conta que vejo nos outros!!

Brilhante, não?

E quando resolvo abrir mão das minhas percepções e aceitar que não percebo mesmo nada deste mundo, tudo fica bem!

Além disso, aqui e agora, o passado não existe, nem o futuro. Ou seja, só o AGORA existe e só o agora é real.

Então, onde está o caminho? Onde está a evolução?

Aqui e AGORA tudo é perfeito, como é. Podem existir situações que não gostamos, que nos fazem sentir mal… mas por detrás desse significado que damos à situação (e por isso não gostamos e nos sentimos mal) existe uma presença imutável, que não julga nada e não se preocupa com nada.

Se apenas nos permitirmos entrar nessa presença, ou melhor, tomar consciência dela, nem imaginamos a paz que pode invadir as nossas vidas, a nossa percepção e o nosso coração.

Passamos a estar PRESENTES, aqui e agora. Oh… mais perto da consciência de Deus!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s