Só o amor é real

O livro “Um Curso Em Milagres” é considerado um livro com ensinamentos revolucionários e com uma forma de ver a vida e a nós mesmos completamente diferente.

No entanto, quanto mais estudo o curso, mais encontro semelhanças com aquilo que todos aqueles que despertaram para a sua verdadeira essência nos transmitiram.

Aquilo que tenho observado é que existem vários caminhos, e todos eles nos levam a um só destino: lembrarmo-nos de quem realmente somos.

Os caminhos, que parecem ser muitos, convergem num ponto fulcral, fundamental: o AMOR.

Quantas vezes, no seu dia-a-dia, se esquece que SÓ O AMOR EXISTE?

O curso relembra-nos isso e diz-nos que essa é umas das lições que mais precisamos aprender. E quando nos oferece o termo lições, vira a nossa percepção de pernas para o ar e diz-nos que lições são milagres em espera para nós.

E milagres são apenas mudanças de percepção: em vez de medo, passamos a ver o amor. Em vez de vermos algo que é apenas uma percepção distorcida pelo medo, podemos ver algo muito mais expandido e perfeito através do amor.

E é tão simples. Basta abrir mão da necessidade de querer compreender e saber tudo. Basta abrir mão da necessidade de querer controlar tudo. E por um breve instante, por mais pequeno que seja, abrir um pequeno espaço de entrega e libertação de pensamentos e emoções – um espaço onde nos permitimos ver de outra maneira.

O curso diz que não tem como objectivo ensinar-nos o que é o amor, pois isso é o que nós somos e não pode ser aprendido. Tem como objectivo libertar os bloqueios à consciência do amor.

E existirá maior desejo, em todos nós, do que viver apenas através do amor?

E se nos permitirmos e estivermos atentos, cada momento pode ser uma oportunidade para ver o amor em vez do medo, para libertar culpas e mágoas e apenas permitir que a aceitação se expresse através de nós.

Cada momento que me permito entrar nesse espaço, os problemas dissolvem-se e tudo realmente se torna mais fácil, simples e cheio de paz.

E o mais importante, tudo isto acontece quando nos permitimos colocar na prática aquilo que lê-mos e sentimos ser verdade dentro de nós. De nada vale ter os recursos ao nosso dispor e não fazer nada com eles.

Se tiver aprendido algo que o/a pode ajudar neste momento a sentir-se mais feliz, a libertar o medo da sua consciência e a viver mais livre e em amor, coloque em prática.

Não estará a fazer isso apenas por si, estará a fazer por SI a um nível onde todos recebem esse benefício.

A ideia de que somos egoístas por estarmos a cuidar de nós é uma tolice. Não imaginamos como esse acto é tão poderoso a uma escala global.

Cuide de si, descubra o amor em si e permita que os outros descubram o amor através da sua liberdade!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s