Escolha…. AGORA?

Viver no Agora!

É sempre bom me relembrar de viver cada instante AGORA.

Com frequência a mente pula do passado ao futuro, sem encontrar um poiso certo e sem se satisfazer com nada do que nos é oferecido.

Olhamos e experimentamos tudo neste momento através das referências do passado, sempre a tentar fugir deste momento.

Ontem dei comigo a começar a fazer o jantar e a pensar no telefonema que tinha recebido minutos antes. Eu ainda estava a conversar com a outra pessoa?!?!?!?!?!?!?!?!

E nesse momento decidi terminar a conversa (na minha mente, claro!!!), e fiquei presente com aquilo que estava a acontecer no momento: os preparativos do jantar.

E quando estamos presentes, tudo é perfeito, sentimo-nos bem e em paz interior.

“Your intention is to live a tranquil life, free of stress and anxiety.” ~ Wayne Dyer

E não é mesmo o que nós queremos? Viver uma vida tranquila, livre de stress e ansiedade?

Buscamos imensos objectivos, queremos concretizar imensos projectos porquê? Para quê?

Óbvio que é altamente satisfatório dar livre fluir à nossa criatividade. Mas torna-se plenamente satisfatório quando a criatividade flui de um estado de satisfação natural, onde a vida acontece a cada instante, e não estamos a fugir de cada momento – em busca de algo, ou a fugir do passado.

Os objectivos são importantes – na minha perspectiva, apenas para nos mostrarem os bloqueios que impomos a nós mesmos.

Nascemos para criar e para expandir as nossas capacidades interiores. Porque não haveríamos de realizar o melhor de nós? Porque não haveríamos de ser bem sucedidos? Porque haveríamos de desfrutar de pouco quando a nossa essência é abundância?

Os objectivos servem para isto, para descobrirmos os limites que nos impomos e deixá-los partir, para dessa forma nos exprimirmos livremente.

Afinal, o que são crenças e memórias senão o passado a renovar-se a si mesmo através da nossa identificação com ele?

E se libertássemos o passado, libertássemos as culpas e mágoas que guardamos dentro de nós e soltássemos a alegria que existe em cada um de nós? Como seria o nosso mundo interior? E o exterior?

Será que quando nos sentimos zangados, tristes ou magoados com alguém estamos a ser uma luz no mundo? Estamos a contribuir para a felicidade e para a paz no mundo?

E quando estamos em paz, felizes com a vida e com todos os que nos rodeiam (física e mentalmente), não estaremos a ser de uma utilidade muito maior para a vida neste planeta?

Pensa nisso! É uma escolha que fazemos a cada instante: viver através do medo ou através do amor!

2 thoughts on “Escolha…. AGORA?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s