Simples…

Eu estudo “Um Curso Em Milagres” e a cada dia que passa o meu entendimento do curso alarga-se e estende-se cada vez mais no meu interior.

O que são milagres para o curso? São mudanças instantâneas de percepção.

Para o curso nós somos perfeitos, completos e íntegros, só por ser quem somos. Só que não nos lembramos disso.

Estamos esquecidos da nossa essência, estamos esquecidos de quem somos e por isso reproduzimos nesta realidade tantas situações que nos lembram uma culpa interior profunda, que nem sequer sabemos de onde vem.

O curso não quer que nós compreendamos isso. Apenas nos pede que quando percepcionarmos a culpa em nós ou nos outros, tomemos consciência dessa sensação e decidamos ver a situação de uma forma diferente.

Não parece ser um pedido muito difícil nem complicado.

No entanto, no dia-a-dia, somos constantemente desafiados a pôr os seus ensinamentos em prática, pois a culpa é projectada para fora de nós nas situações mais simples: na agitação do trânsito, quando alguém passa à nossa frente na fila do supermercado, quando o/a nosso/a companheiro/a critica algo em nós ou nós neles, quando os filhos desafiam a nossa paciência, quando as coisas no emprego não correm bem, etc.

Não nos é pedido que mudemos o mundo.

Já tentaram mudar o mundo? Mudar as pessoas à vossa volta? Mudar as situações?

Como se sentem quando pensam que o mundo precisa ser mudado?

É um peso, um esforço, uma tristeza…

E que tal mudar a nossa perspectiva do mundo?

Retirar as lentes de culpa e medo que temos postas, e escolher ver de outra forma?

Nada mais nos é pedido!

E nada pode ser tão simples e eficaz.

Fácil?

Talvez não seja no início. E falo por experiência, custou um pouquinho a colocar isto em prática para TUDO na minha vida… e de vez em quando ainda não aplico logo… deixo-me entrar nos meandros da culpa e do medo… mas quando desperto e mudo a minha perspectiva, o mundo “lá fora” parece outro.

A mente acha que não pode ser assim tão simples. Estamos condicionados a usar um sistema de pensamento que complica.

Mas se escolhermos outra forma podemos realmente ficar surpreendidos.

Se escolhermos mudar a nossa mente em relação ao mundo, podemos ficar surpreendidos com a paz que renasce em nós e é espelhada no mundo.

6 thoughts on “Simples…

  1. Realmente é verdade.Basta olhar de outra forma,e tudo fica diferente.O pior é que muitas vezes,nem nos lembramos desse facto tão simples.
    Fácil,tão é.Sei por experiência própria,mas com algum esforço… chegamos lá.
    Obrigada Ângela,por estas ajudinhas.
    Sorrisos
    Mª.José

  2. Muito legal sua compreensão Angela!!
    Tem uma coisa que eu não entendo…Aonde está a culpa numa atitude de vaidade por ex?
    Não sei se tem a ver a pergunta….mas gostaria de conseguir identificar a culpa nas situações como voce disse e não entendo às vezes..
    Abraços :)!!

    1. Olá Mariana,
      se olharmos para dentro conseguimos sempre encontrar uma culpa escondida…
      O mais importante é começar a limpar as emoções que sentimos… se formos sinceros neste processo, e aprendermos a aceitar as emoções, as culpas naturalmente surgem e são libertadas.
      Não é preciso ir buscar nada, tentar encontrar nada.
      Basta sentir o que está aqui e agora!
      Sorrisos e obrigada!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s