AMOR

Já tinha lido muitas vezes sobre o momento presente, e já tinha escrito sobre esse momento, em breves momentos de inspiração, em que sentia realmente que este momento é o único que existe, por ser realmente o único momento que vivemos em cada instante.

Nos últimos dias, tenho ido para além das palavras e provado o doce sabor da paz do Agora.

É uma paz sem palavras, uma Presença que se explica por si e não precisa palavras, nem tem palavras para ser descrita, É o que É.

E nesses instantes de puro contacto com a presença em nós, de pura e simples contemplação do que é, conseguimos ultrapassar os limites do físico e realmente tocar a essência de nós, do universo, de tudo aquilo que vemos com os olhos físicos e tudo aquilo que se esconde para além da percepção.

O que é?

Amor.

É talvez a palavra que usamos que mais se aproxime do que a Presença, o Grande Observador É!

E nós somos a Presença, somos Aquilo que observa tudo, somos aquilo que assiste em paz ao desenrolar dos vários filmes que a mente vai criando, para se entreter a si própria neste palco de loucura!

A magia acontece quando observamos este teatro a que chamamos vida de uma perspectiva de Amor e Paz, quando sabemos, de verdade, que aquilo que vemos é apenas um reflexo de algo mais profundo em nós.

No instante em que descobrimos o nosso Poder, recuperamos o Amor que pensávamos estar perdido algures entre a culpa e o medo. Nesse instante santo retornamos a casa e sabemos que tudo está bem, como sempre esteve, e que por mais peças de teatro, dramas ou comédias, a Paz é uma constante, e somos sempre amados, pois nós somos o Amor que nos nutre.

Talvez a maioria de nós ainda não tenha esta consciência, talvez a maioria de nós ainda nem sequer esteja pronto para embarcar na grande aventura da auto-descoberta, talvez… talvez…

Nada importa!

Tudo É como É!

Tudo é um sonho! E somos nós aquele que está consciente do sonho! Não importa se no nosso sonho existem muitas pessoas que parecem ainda estar adormecidas ou não, o que importa é que nós estamos a despertar do sonho da inconsciência e a torná-lo gentil.

Não deixemos para os outros aquilo que podemos fazer nós, e aliás, aquilo que só nos compete a nós.

Cada um de nós faz a diferença.

E basta entrar em contacto consigo, com a paz dentro de si.

Por mais nervoso, ansioso, cheio de problemas ou não, sinta o seu respirar, observe o ar a entrar e a sair, sinta o seu corpo dos pés à cabeça.

Aqui e Agora está tudo bem consigo? Há algum problema NESTE MOMENTO? Não daqui a cinco minutos ou uma hora… Nem há 1 minuto ou ontem… Agora!

Permita-se sentir este momento, e quanto mais vezes entrar neste instante mágico, mais PRESENÇA entra na sua VIDA e mais magia, ternura e amor começa a invadir todos os recantos da sua experiência.

Deixe-se ir nas mãos do AMOR!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s